entainpartners - BYD lança pedra fundamental de fábrica na Bahia para produzir carros elétricos

0

Marca chinesa toma posse de fábrica na Bahia com aporte de R$ 3 bilhões. BYD pretende produzir até 150 mil veículos leves e pesados, além de baterias

BYD assume fábrica da Ford na Bahia para fabricar carros elétricos (Foto: Joá Souza/GOVBA)
BYD assume fábrica da Ford na Bahia para fabricar carros elétricos (Foto: Joá Souza/GOVBA)

O Complexo Industrial de Camaçari, na grande Salvador, deu o primeiro passo para virar a mais nova fábrica da BYD. Nessa segunda (09), foi feito o lançamento da pedra fundamental das futuras instalações da marca chinesa na Bahia, no local em que antes atuou a Ford. Serão três fábricas num investimento de R$ 3 bilhões com a criação de cinco mil empregos diretos e indiretos.

RecebanotíciasnoWhatsApp!
Inscreva-se em nosso canal no YouTube
Assine nosso canal no Telegram

A solenidade contou como CEO mundial e fundador da BYD, Wang Chuanfu, além da presidente da BYD nas Américas, Stella Li. O governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues, do vice-presidente Geraldo Alckmin e do ministro da Casa, Civil Rui Costa representaram o poder público. O foco será a produção de veículos elétricos, chassis de ônibus e tecnologias de baterias, incluindo o processamento de lítio e ferro fosfato.

O início da produção deve acontecer entre o final de 2024 e o início de 2025, com uma capacidade estimada de de 150 mil veículos por ano durante a primeira fase de implantação. O novo complexo da BYD tem potencial para atrair fornecedores de diversas áreas, seja na produção de peças técnicas ou na prestação de serviços, com a empresa dando prioridade aos fornecedores locais.

BYD assume fábrica da Ford na Bahia para fabricar carros elétricos (Foto: Joá Souza/GOVBA)
BYD assume fábrica da Ford na Bahia para fabricar carros elétricos (Foto: Joá Souza/GOVBA)

Em Camaçari, deverão ser fabricados o BYD Song Plus, o SUV médio híbrido da marca e o BYD Seagull, um hatch elétrico, abaixo do Dolphin EV. Entre os projetos futuros da marca no Brasil, está o lançamento de umapicape híbrida para concorrer com a Toyota Hilux.

A BYD anunciou um centro de pesquisa e desenvolvimento na região. No evento foi falado em transformar a região um polo de tecnologia, comparável ao “Vale do Silício brasileiro”. Uma das principais metas desse centro será o desenvolvimento de tecnologia para um motor híbrido flex que combine etanol com motores elétricos.

Stella Li, CEO da BYD para as Américas, enfatizou o compromisso global da empresa com a mobilidade sustentável e sua dedicação em trazer inovação e tecnologia de ponta para o Brasil, colaborando com a comunidade local e criando oportunidades.

O governador Jerônimo Rodrigues ressaltou a experiência da BYD na China em relação ao tratamento de seus funcionários e do meio ambiente. O governador apresentou um PL para isentar do Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores (IPVA), nos próximos cinco anos, carros elétricos produzidos na Bahia, com valor de até R$ 300 mil.

O complexo de Camaçari, localizado a 50 quilômetros de Salvador, consistirá em três unidades: produção de caminhões elétricos e chassis de ônibus, automóveis híbridos e elétricos, bem como o processamento de lítio e ferro fosfato.

“O fato de a BYD instalar uma fábrica no País dá ainda mais segurança aos consumidores, e ajudará a impulsionar a marca, cujos preços acessíveis e tecnologia embarcada de última geração são fatores favoráveis à expansão dos elétricos no país”, afirma Eduardo Vale, gerente geral comercial da Osten Group. “As lojas devem contribuir para acelerar ainda mais vendas de carros da BYD, que encontram-se em um ritmo muito interessante desde que a montadora desembarcou no Brasil”, destaca.

LEIA:
Dono protesta com Volvo XC40 queimado na porta da concessionária
GWM Haval H6 vende mais que Corolla Cross em maio
VÍDEO | Nissan Sentra 2023 Exclusive ganha pelo design e conforto
Jeep Renegade é investigado pelo MP por grave defeito
Novo carro popular: Governo reduz imposto para modelos até R$ 120 mil